• FECAM - Federação de Consórcios, Associações e Municípios de Santa Catarina

Código Ambiental Estadual é debatido no Congresso de Municípios

Mesa_de_abertura_do_painel_sobre_gestao_ambiental_municipal

Código Ambiental Estadual é debatido no Congresso de Municípios

Código Ambiental Estadual é debatido no Congresso de Municípios 600 398 Fecam Portal

"Aplicação do Código Ambiental Estadual nos Municípios Catarinenses" foi o tema da segunda mesa de debates  do painel sobre gestão ambiental municipal do VII Congresso Catarinense de Municípios. Para a palestrante Noemia Bohn, docente da FURB, o problema ambiental em Santa Catarina é sério e o código não é suficiente para resolver as questões mais importantes. "Precisamos de políticas estaduais para os temas ambientais, como recursos hídricos e saneamento".

Bohn falou ainda sobre as catástrofes ambientais que atingiram os municípios no Estado e relembrou algumas publicações na imprensa sobre o assunto. Um ano depois, a pesquisadora revelou alguns balanços que fazem um panorama sobre o ocorrido. "Das áreas onde houve deslizamento, 85% foram afetadas de alguma maneira pela ação humana."

Painel sobre meio ambiente

O painel sobre gestão ambiental municipal no VII Congresso Catarinense de Municípios iniciou na tarde desta terça-feira (01), com a palestra "Planejamento das Cidades e Meio Ambiente". Arlindo Philippi, professor e pesquisador da Universidade de São Paulo, falou sobre as alternaiva para o planejamento urbano levando-se em consideração os aspectos ambientais. Na sequência, a representante do Minisério do Meio Ambiente, Flora Cerqueira, fez sua apresentação sobre o exercício das competências ambientais do município, políticas públicas e instrumentos de gestão.

O painel foi encerrado com a explanação da especialista em recursos hídricos da Agência Nacional de Águas (ANA), que falou sobre a participação dos municípios na gestão dos recursos hídricos e suas implicações no controle da poluição e na prevenção de secas e enchentes.

 

ASCOM/FECAM