• FECAM - Federação de Consórcios, Associações e Municípios de Santa Catarina

Mais da metade dos municípios de Santa Catarina utilizam portal pela FECAM

Mais da metade dos municípios de Santa Catarina utilizam portal pela FECAM

Mais da metade dos municípios de Santa Catarina utilizam portal pela FECAM 150 150 Fecam Portal

Com a publicação do portal de Ibirama, ontem (12/07), a FECAM atinge a marca de 50,2 % dos municípios integrados a Rede Catarinense de Informações Municipais – RedeCIM. A ferramenta tecnológica fornecida pela FECAM, permite que o município crie e gerencie seu portal institucional na Internet. Somente com este sistema, a instituição está presente em 147 municípios catarinenses, fortalecendo a prestação de serviços na área de tecnologia.


 


Segundo o diretor administrativo do município de Ibirama, Gerson Francisco, cada secretaria é responsável pela divulgação de suas informações. “O portal ainda é novo, mas hoje já recebi ligações telefônicas dos funcionários da prefeitura aprovando o portal do município e destacando a facilidade e a gama de opções para divulgar as ações do município”, disse.


 


O diretor destaca que o município já disponibilizava um portal na Internet, mas havia dificuldade de gerenciar o conteúdo e de operar o sistema. “Havia a necessidade de contratar uma pessoa especializada para publicar as informações. Com o portal da FECAM, o sistema é fácil e rápido de aplicar o conteúdo e cada setor alimenta uma seção”, disse.


 


Para o coordenador da RedeCIM, Gustavo Zepka Medeiros,  a FECAM cumpre com seu papel de oferecer aos municípios uma ferramenta completa para que possam publicar e gerenciar seus portais na Internet, ajudando a aumentar a inclusão digital das prefeituras. “Não existe no Brasil, projeto com tamanho resultado, conseguido pela RedeCIM, isto se dá pela qualidade dos serviços que são oferecidos e pela estrutura única que existe em Santa Catarina, com o apoio das associações de municípios sendo um elo de ligação com entes municipais”, disse.


 


Toda capacitação e suporte técnico é feito pela própria FECAM em parceria com as associações microrregionais. O projeto da RedeCIM iniciou em 2005. Foi disponibilizado primeiro para as associações microrregionais e posteriormente aos municípios. “A aceitação foi positiva em todas as cidades, devido a qualidade do serviço disponibilizado pela FECAM, além do que não há custo para os municípios”, destaca o coordenador.


 


Economia


 


Os portais municipais mais acessados da Rede apresentam em média de 3.000 a 6.000 acessos/mês. Estima-se que com esse sistema, que é fornecido gratuitamente pela FECAM, os municípios integrados a RedeCIM (147) economizaram no primeiro ano, mais de 5 milhões de reais com desenvolvimento e implantação de portais municipais. E economizam anualmente, mais de 1 milhão e quinhentos mil reais com manutenção e suporte.


 


Para visitar os portais municipais, acesse a barra superior da RedeCIM neste portal.


 


Fonte: Ascom