Municípios com os maiores IDMS nas regiões da AMFRI, AMEOSC e AMOSC recebem Prêmio Município Sustentável Regional

Político Institucional

21 de julho de 2017 16:18

Os municípios com o maior Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável - IDMS da região da Associação de Municípios do Estremo Oeste de Santa Catarina – AMEOSC, da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina – AMOSC e da Associação de Municípios da Foz do Rio Itajaí - AMFRI e os que tiveram a maior evolução entre o IDMS de 2014 e 2016 foram premiados pela Federação Catarinense de Municípios – FECAM.

Nesta sexta-feira, 21 de julho, foi entregue o Prêmio aos municípios mais bem posicionados da região da AMFRI. A premiação foi entregue pelo 1º vice-presidente da FECAM, prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni. Bombinhas ficou com o prêmio de maior IDMS (0,754) da região e foi recebido pela prefeita do Município, Ana Paula da Silva. O município que teve maior evolução do índice entre 2014 e 2016 na região foi Balneário Camboriú, com um acréscimo de 4,73%, prêmio recebido pelo prefeito Fabrício de Oliveira.

Na AMEOSC, a premiação foi entregue pelo presidente da Associação e prefeito de Guarujá do Sul, Cláudio Júnior Weschenfelder e pelo diretor de Articulação Institucional da FECAM, Celso Vedana, no dia 13 de julho, na sede da Associação de Municípios, durante Assembleia Geral de Prefeitos.

Itapiranga recebeu o troféu de 1º lugar geral do Prêmio Município Sustentável na região da AMEOSC com o maior IDMS da região (0,628), recebido pelo prefeito do município, Jorge Welter. Quem recebeu o troféu de maior evolução da região foi o município de Palma Sola, com um crescimento de 6,39% em relação ao último índice levantado. O troféu foi entregue ao prefeito Cleomar José Mantelli.

Chapecó recebeu o troféu de 1º lugar geral na região da AMOSC com o maior IDMS da região (0,701). O município também recebeu o troféu de maior evolução da região com crescimento de 11,62% de um índice para o outro. Os prêmios foram entregues pelo diretor de Articulação da FECAM, Celso Vedana, na sede da Associação, no dia 14 de julho. A presidente da AMOSC e prefeita de Arvoredo, Janete Bianchini, e o prefeito de Águas Frias e presdiente do Saga, Ricardo Rolim de Moura, receberam os troféus em nome do prefeito de Chapecó, Luciano Buligon.

O prêmio avalia índices de desenvolvimento sustentável nas áreas Institucional, Sociocultural, Ambiental e Econômica. O estudo que classificou os municípios foi elaborado pela Rede SIDEMS (Rede Colaborativa do Sistema de Indicadores de Desenvolvimento Municipal Sustentável) composta por 41 instituições governamentais, 11 instituições não governamentais e 8 instituições de ensino superior.

Para chegar ao índice são avaliados aspectos como Saúde, Educação, Cultura, Habitação, Economia, Meio Ambiente, Finanças Públicas, Gestão Pública e Participação Social.

Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Informações Relacionadas