Estratégias de Comunicação para alavancar o Turismo Municipal são discutidas na abertura do 2° Seminário Catarinense de Comunicação Pública

ComunicaFECAM

22 de novembro de 2017 23:06

Potencializar e contribuir para a melhoria da comunicação pública, principalmente das prefeituras catarinenses. Esse é o objetivo do 2º Seminário Catarinense de Comunicação Pública, que foi aberto oficialmente nesta quarta (22).

Entre as autoridades presentes, o prefeito de Rodeio e secretário da Federação Catarinense de Municípios (FECAM), Paulo Roberto Weiss, o vice-prefeito de Florianópolis, João Batista Nunes, o secretário de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa, o diretor executivo da FECAM, Rodrigo Gesser, o presidente da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACAERT), Marcelo Petrelli, o presidente da Associação dos Jornais do Interior (ADJORI), Miguel Angelo Gobbi e o presidente das Agências de Propaganda de Santa Catarina (Sinapro), Pedro Cherem.

“Apoiamos eventos como esse, onde a comunicação púbica é discutida como prioridade, porque entendemos que a importância da fidelidade e qualidade dela resultam na transparência da gestão pública”, fala Paulo Roberto Weiss, prefeito de Rodeio e secretário da FECAM.

Marcelo Pretrelli, presidente da ACAERT concorda que o compromisso com a verdade da gestão púbica para a construção do regime democrático está ligado a transparência da comunicação pública. “O caminho do Brasil bastante complexo está na boa política, comunicadora”, declara.

 

O Turismo como pauta Municipal

Na hora de escolher o destino da viagem, a internet é a principal fonte de consulta dos turistas. Quase metade (49,2%) usa a ferramenta para escolher e se informar sobre o destino, como apontou a pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo com visitantes internacionais que estiveram no Brasil em 2016.

Com mais de 1,38 milhão de seguidores, somando Facebook, Twitter e Instagram, o trabalho do Ministério do Turismo foi apresentado ao público de aproximadamente 150 pessoas, entre prefeitos, vereadores, jornalistas, assessores de comunicação pública e órgãos da imprensa pela diretora de Estratégia Digital, Tatiana Lobão, na abertura do evento.

“O nosso objetivo é promover o turismo nacional para os brasileiros, além das ações e políticas do Ministério. Para atingir um espectro mais amplo de pessoas, adotamos uma linguagem moderna, usamos conteúdo multimídia e promovemos atividades que geram engajamento, como enquetes”, explica Tatiana ao falar da interação com comentários, curtidas e compartilhadas, no Facebook e no Twitter, além de um álbum totalmente colaborativo no Instagram utilizando a hashtag MTur.

Margarida Santi, coordenadora de atendimento à Rede Globo em Santa Catarina enfatizou a importância da integração entre os veículos de comunicação com os assessores de imprensa dos órgãos públicos. Falou que a grande dificuldade encontrada nesta interação está em pautas poucos atrativas, sem criatividade e sem diferencial para virar uma pauta estadual e nacional.

“O primeiro advogado do diabo das prefeituras e demais órgãos públicos deve ser o seu assessor de imprensa. O profissional precisa estar muito seguro com a relação a informação repassada e, principalmente, a hora certa para divulgá-la”, afirma Margarida.

O 2° Seminário Catarinense de Comunicação Pública segue até o dia 24 de novembro, no Hotel Canasvieiras Internacional, em Florianópolis. Na programação, palestras, discussões e apresentação de cases nacionais e estaduais sobre os desafios de quem atua na comunicação de órgãos públicos. Entre os destaques está a presença dos profissionais responsáveis pelas redes sociais do Senado Federal, um dos órgãos com maior alcance orgânico no Facebook e da Assembleia Legislativa de SC (Alesc), reconhecida pelas inovações na forma de se comunicar com os cidadãos.

No dia 24, último dia, será realizado um painel com jornalistas convidados de veículos estaduais e regionais, que terá como temática a importância do assessor na relação com os veículos. Entre os debatedores confirmados estão Roberto Azevedo, (portal Making Of); Fábio Gadotti (Notícias do Dia); Carlos Damião (Notícias do Dia); Rafael Martini (NSC Comunicação); Fernando Bond (Coluna BondEconomia); Julia Pithan (NSC Comunicação); Ana Lavratti (Portal AcontecendoAqui); José Roberto Deschamps (Jornal Metas/Gaspar); Aílton Carlos Coelho (Jornal Cabeço Negro/Apiúna); Guido Schvartzman (ACAERT); Sônia Campos e Silvia Pinter, do Ministério Público de Santa Catarina.

O Evento é promovido pela FECAM, organizado pela Escola de Gestão Pública Municipal – EGEM, e tem o apoio das 21 Associações de Municípios do Estado de Santa Catarina, da Associação Catarinense de Imprensa – ACI, Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT, da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori/SC) e da Associação de Diários do Interior de Santa Catarina – ADI/SC e Correios.

Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar