Boas práticas culturais são reconhecidas durante Fórum de Gestores Municipais de Cultura

Cultura

11 de maio de 2019 00:22

Colegiado de Cultura da GRANFPOLIS Baixar Imagem

A premiação ocorreu na quinta-feira (09), em Garopaba 

O prêmio reforça iniciativas e ações que tenham sido bem-sucedidas e de caráter exemplar. Três municípios e um Colegiado de Regional de Cultura receberam o Prêmio na noite de quinta-feira (09), em evento que integra a programação do Fórum de Gestores Municipais de Cultura.

A noite foi aberta pelo presidente do Colegiado de Gestores Municipais de Cultura – Congesc, Jaime Batista, e pelo diretor executivo da FECAM, Rui Braun. O diretor exaltou a importância do trabalho dos gestores de cultura e agradeceu ao que vem sendo feito por eles na gestão cultural de Santa Catarina. “Estou aqui porque a FECAM precisa dizer para vocês que é um grande prêmio ter vocês todos trabalhando pela cultura no estado. Valorizem-se e sintam-se sal e tempero nesse tempo político”.

Na categoria, município com até 5 mil habitantes, o município vencedor foi Botuverá, da região da AMMVI, com o case “O Futuro nos cobrará nossas omissões do passado”. O prefeito José Luiz Colombi recebeu o prêmio e agradecendo a todos registrou a importância de se cultivar cultura e tradição. “Agora nossos filhos, nossos netos, vão enxergar o que estamos fazendo hoje”, frisou.

Já na categoria entre 5 e 20 mil habitantes, o case premiado foi “A importância do Programa de Salvaguarda do Patrimônio Bombinense”, do município de Bombinhas, da região da AMFRI. “O Programa de Salvaguarda do patrimônio é muito importante dentro do nosso município e de nossa realidade” reforçou a presidente interina da Fundação de Cultura de Bombinhas, Tabata Torres.

Acima de 20 mil habitantes o case escolhido foi o do município de Gaspar, também da região da AMMVI, com o projeto “Organizar e Estruturar: um Governo com foco na Gestão Cultural”. A secretária de educação do município, pasta que abriga a diretoria de cultura, Zilda Mônica Sanção Benevenutti, ressaltou a importância de momentos como esses. “A cultura marca nossa existência, nossa história, ela tem que ser cultivada, lembrada, tornar-se presente e marcar nossa vida. Nossa cultura estava esquecida, sem lugar. Nós merecemos que nossa história seja vivida, escrita e cultivada”, disse ela.

E na categoria Colegiado Regional, o vencedor foi o colegiado da região da Associação de Municípios da Região da Grande Florianópolis – GRANFPOLIS, com o case “O Planejamento como ferramenta de associativismo na Gestão Cultural”. O presidente do Colegiado de Políticas Culturais da GRANFPOLIS, Jerry Adriani Laurindo, falou sobre a honra de ser premiado, sendo um colegiado com apenas dois anos de existência. “Para nós do colegiado é uma inspiração. Em 2017 conseguimos nos juntar, fizemos esse planejamento e estamos aqui, em dois anos estamos sediando o Fórum e levando esse prêmio para casa”.

A avaliação foi realizada por uma comissão especial que analisou como critérios a clareza e descrição da ação realizada, qualidade técnica e metodológica da ação, potencial de reverberação da ação como modelo de gestão cultural e a disponibilização dos resultados da ação para os grupos do bem cultural imaterial

As ações premiadas foram apresentadas na Plenária do Fórum, na manhã de sexta-feira (10), com a participação dos prefeitos de Botuverá, José Luiz Colombi, e do prefeito de Gaspar, Kleber Edson Wan-Dall.

 Confira mais fotos no Flickr da FECAM.

 

 

Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar