• FECAM - Federação de Consórcios, Associações e Municípios de Santa Catarina

X FÓRUM CATARINENSE DE GESTORES DE CULTURA

X Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura

Data: 11 a 13 de maio de 2022
Local: Ibirama/SC
– Abertura e encerramento: Salão Nobre da Sociedade Recreativa União (Rua Dr. Getúlio Vargas, 203, Centro)
– Centro Cultural de Ibirama

OBJETIVO: Proporcionar a integração das regiões catarinenses, além de promover o debate das políticas públicas do setor cultural, ampliando o diálogo entre o Ministério da Cultura – MinC, as prefeituras e o governo do Estado, com o objetivo de fortalecer as ações de programas já existentes e abrir caminhos para futuras parcerias.

PÚBLICO ALVO: Gestores municipais de cultura, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais, dirigentes da área cultural e servidores da administração pública envolvidos com a gestão cultural.

INSCRIÇÕES:
Municípios Filiados a FECAM: R$ 170,00 por pessoa – Vencimento dia 5 de maio de 2022
Municípios Filiados a FECAM com 3 pessoas do mesmo município: R$ 130,00 por pessoa – Vencimento dia 5 de maio de 2022
Demais Participantes: R$ 220,00 por pessoa – Vencimento dia 5 de maio de 2022

A INSCRIÇÃO INCLUI:
– Material do evento (bloco de anotações, caneta e crachá de identificação);
– Acesso ao Material digital após o Fórum;
– Coffee Break no período vespertino nos dias 11 e 12.
– Certificado de participação com carga horária de 17h (necessária frequência mínima de 75% do total da carga horária do evento)

Inscrições no site ENCERRADAS, somente no LOCAL mediante a pagamento ou empenho.

Para dúvidas relativas à inscrição, entrar em contato com a empresa executora do evento Lemonade, com Yana Silva, pelos contatos: 48 99941-8098 ou contato@lemonadeeventos.com.br.

Em caso de dúvidas da programação, entrar em contato com a Assessoria de Cultura da FECAM através do e-mail cultura@fecam.org.br ou WhatsApp (48) 9 9179-0499 (Dayna Maressa Pamato).

  • 11/05/2022
    13h – Credenciamento
    13h30 – Solenidade de Abertura
    14h – Conferência de Abertura: Diversidade Cultural – Diretor de Economia Criativa da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, José de Oliveira Junior
    15h – Abertura para Debates
    16h – Café Cultural com apresentações culturais da região
    16h30 – Mesa Redonda: Políticas Culturais dos Governos Estadual e Federal
    18h – Encerramento

    12/05/2022
    08h30 – Abertura das Oficinas
    12h – Almoço em local estruturado para os participantes do Fórum (por adesão – no valor de R$ 40,00)
    13h30 – Retorno das oficinas
    17h30 – Encerramento das Oficinas
    19h30 – Jantar dançante e apresentações culturais (o jantar será por adesão, no valor de R$ 32,00)
    21h30 – Entrega do Prêmio de Boas Práticas

    13/05/2022
    08h30 – Palestra de Encerramento: gestão cultural na pandemia (aprendizados) – Ana Clarissa Fernandes
    09h30 – Apresentação dos Cases do Prêmio Catarinense de Gestão Cultural
    10h30 – Plenária Fórum (Carta de Ibirama)
    11h30 – Definição Cidade Sede do Fórum de 2023
    12h – Encerramento

  • Oficina 1 – Gestão de Acervo e Educação Patrimonial
    Debater e orientar os gestores na organização e salvaguarda do acervo cultural e histórico dentro da estrutura física, bem como a manutenção, catalogação, manuseio e deslocamento de materiais. Explicitar a importância da organização para preservação da história e cultura local, como forma de demonstrar a memória através de objetos.
    Palestrantes: Cristina Maria Dalla Nora e Sandra Checruski – SESC/SC

    Oficina 2 – Planejamento Estratégico e Ações Cultura
    Qual o papel da gestão pública no planejamento e produção de ações culturais como Oficinas, Mostras, Festivais, Cursos, Feiras etc. Quais as possíveis parcerias que o setor público pode estabelecer com organizações da sociedade civil organizada para fomentar e garantir a realização, a diversidade e a acessibilidade a estas ações? Como mapear os possíveis parceiros?
    Como planejar ações que promovam encontros, convivências e trocas entre diferentes modos de viver e fazer arte decorrentes da diversidade cultural e social. Pós ação, como avaliar e garantir a continuidade das ações.
    Palestrantes:
    Luiz Ekke Moukarzel – Diretor de Arte e Cultura da FCC
    Liliana Bettina Alvez – Gerente de Gestão de Projetos e Economia da Cultura da FCC

    Oficina 3 – Práticas Administrativas (nova lei de licitações)
    Em abril de 2021 houve a sanção da Nova Lei de Licitações (Lei Federal nº 14.133/2021) que já está em vigor e pode ser utilizada pelos entes da federação, seus órgãos e entidades, nas contratações administrativas e passará a ser obrigatória a partir de 30 de março de 2023. Este workshop, com viés teórico e prático, apresentará uma abordagem de como os setores responsáveis devem proceder diante dessa nova realidade legislativa para realizar contratações artísticas e culturais.
    Palestrantes:
    André Luiz de Oliveira, Diretor Jurídico do CINCATARINA
    Dagmar Belotto- Advogado do CINCATRINA
    Marcos Miguel- Analista Técnico II do CINCATARINA

    Oficina 4 – Gestão de Linguagens Artísticas (Conselhos municipais)
    Esta oficina se propõe a apresentar e discutir as especificidades de diversas linguagens artísticas no que tange a gestão pública de cultura. Cada linguagem artística apresenta demandas específicas, desde a adequação de espaços físicos para sua operacionalização até a elaboração e execução de políticas públicas específicas. Sua metodologia se dará por meio da formação de uma mesa redonda com representantes de diferentes linguagens, falas expositivas para nivelamento dos participantes e atividades práticas.
    Palestrantes: Conselheiros do Conselho Estadual de Cultura
    Djonatan Victor Fronza
    Edson Gellert Schubert
    Elaine Cristina da Silva
    Eliza Karla Pigatto Docena
    Joed Jeffer Ferreira de Mello
    Márcia Cristina Ferreira
    Paola Zonta

    Oficina 5 – Cultura como Matriz Econômica
    Os principais temas a serem tratados nessa oficina serão: Leis de Incentivo Municipal; Leis de Incentivo Estadual e Federal; Dados e sua importância na tomada de decisão; Eventos Culturais; e Cases Práticos.
    Palestrantes:
    Paula Borges- Maratona Cultural
    Marcelo Bohrer- Floripa Conecta e Mobiliza SLZ
    Jefferson Della Rocca- Camerata Florianópolis

    Oficina 6 – transversalidade da cultura
    Trabalhar com Cultura no âmbito da administração pública municipal se limita à realização dos eventos do calendário do Município? Não! Então esse trabalho se refere apenas ao desenvolvimento de iniciativas relacionadas às linguagens artísticas? Não. A oficina “Transversalidade da Cultura” se propõe a ampliar a perspectiva dos gestores municipais em relação à potencialidade da atuação da gestão pública municipal de Cultura e, além disso, instigar o desenvolvimento de uma visão que perceba as possibilidades de trabalho conjunto da Cultura com outros setores de política pública.
    Palestrante: Ana Clarissa Fernandes

  • O Prêmio Catarinense de Boas Práticas em Gestão Cultural, organizado pelo CONGESC (Conselho de Gestores Municipais de Cultura), está com inscrições abertas até o dia 02 de maio às 12h. O prêmio tem como objetivo valorizar e reconhecer ações de gestão cultural, realizadas pelos municípios catarinenses e associação de municípios. A premiação acontece na décima edição do Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura de 11 a 13 de maio em Ibirama.

    Serão premiados três municípios e um Colegiado Regional de Cultura, pertencente a uma Associação Microrregional de Municípios, divididos em 4 categorias sendo:

    Categoria 01 – Municípios: Implantação do Sistema Municipal de Cultura com todos os seus elementos;

    Categoria 02 – Municípios: Desenvolvimento de programas e projetos que promovam a formação na área da cultura;

    Categoria 03 – Municípios: Desenvolvimento de programas e projetos que promovam a circulação artística;

    Categoria 04 – Associações: Desenvolvimento de programas e projetos que promovam a integração dos municípios filiados à associação em torno de uma ação de promoção da cultura.



  • O interesse em sediar os Fóruns Catarinenses de Gestores Municipais de Cultura, organizados pelo CONGESC, cresce a cada ano à medida que os fóruns passados apresentaram resultados positivos. Para garantir que as cidades candidatas tenham e apresentem uma infraestrutura adequada, é preciso regras básicas de candidatura e os principais requisitos que deverão ser comprovados pelas candidatas, os quais serão avaliados pelo Comitê Gestor do CONGESC.





Telegram
Messenger
Email
Phone
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Telegram