• FECAM - Federação de Consórcios, Associações e Municípios de Santa Catarina

FECAM realiza seminário de inclusão de pessoas com deficiência em Pinhalzinho

FECAM realiza seminário de inclusão de pessoas com deficiência em Pinhalzinho

FECAM realiza seminário de inclusão de pessoas com deficiência em Pinhalzinho 1600 1200 Fecam Portal

Na manhã desta quinta-feira (24), a Federação de Consórcios, Associações e Municípios de Santa Catarina (FECAM) esteve no Seminário sobre Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho, em Pinhalzinho. O evento abordou os desafios para o cumprimento da lei de cotas.

A supervisora de Assistência Social da FECAM, Janice Merigo, falou sobre o controle social e sobre como muitas vezes os servidores não estão preparados para atender pessoas com deficiência. “Ao invés de se dirigir à pessoa com deficiência, a gente se dirige à pessoa que está com ela. Ela tem, muitas vezes, todas as condições de conversar conosco. Mas a gente não está preparado”, afirma.

Paulo Suldóvski, assessor de inclusão e acessibilidade da FECAM, falou sobre os termos utilizados de maneira errada para se referir às pessoas com deficiência. “O que é um portador de necessidades especiais? Isso não nos define, cada um pode ter uma necessidade diferente. Ou então portador de deficiência. Alguém porta alguma coisa? Bom, eu porto a minha bengala. Mas eu não posso pegar a minha cegueira e colocar ela na mesa”, explicou.

Luciana Sans de Carvalho, auditora fiscal do trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência, lembra que nós ainda não estamos acostumados a conviver com pessoas com deficiência, mas que isso deveria ser normal. “Esse tempo todo de exclusão faz com que seja necessário termos ações afirmativas para conseguirmos equalizar essas situações”.

O evento teve o apoio da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (AMOSC), Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COMDE), Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), Secretaria de Trabalho e o Ministério do Trabalho e Previdência.